O Mundo do Circo SP promove “Seminário Circense – Percursos e Processos Criativos”

Oficinas gratuitas vão abordar temas como dança acrobática, criação circense e malabarismo; espetáculo “Malabamétrico” terá visitação aberta

sex, 26/05/2023 - 12h06 | Do Portal do Governo

O Mundo do Circo SP vai receber, de 29 de maio a 3 de junho, a primeira edição do “Seminário Circense – Percursos e Processos Criativos”, projeto de Artur Faleiros, da companhia paulista de circo Amálgama. As oficinas são gratuitas e os interessados devem se inscrever pelo link https://www.cpojobs.com.

O Mundo do Circo SP é uma iniciativa da Secretaria da Cultura e Economia Criativa com gestão da Amigos da Arte e fica localizado no Parque da Juventude, zona Norte da capital paulista. O projeto foi premiado pelo ProAC

“Com essa iniciativa pioneira no Mundo do Circo SP, buscamos dividir reflexões, ferramentas e métodos para apoiar a criatividade, a produção e a formação de público circense”, disse Glaucio Franca, diretor-geral da Amigos da Arte. Desde que foi inaugurado, há pouco mais de cinco meses, O Mundo do Circo SP já reuniu cerca de 70 mil pessoas. “Um lugar incrível, mágico, e que tem sido uma opção cultural importante para a reunião de famílias e amigos de todas as idades”, concluiu Franca.

O Seminário será composto por duas rodas de conversa online e cinco oficinas presenciais. Todas as atividades fazem parte do projeto “Circulação Malabamétrico”, que foi contemplado pelo edital ProAc, programa de incentivo à cultura do governo do Estado de São Paulo.

Os bate-papos virtuais, livres e abertos ao público, acontecem na segunda-feira (29) e na quarta-feira (31), com os temas “Gestão de Carreiras Artísticas: Uma reflexão sobre a atuação de artistas circenses” e “Percursos e processos de criação circense”, respectivamente. Ambos serão mediados pelo criador, intérprete, malabarista e dançarino Artur Faleiros com a participação da companhia de circo paulista Amálgama. Interessados podem acompanhar pelo canal do Youtube – @faleiros.art

As oficinas presenciais também são gratuitas, mas sujeitas a capacidade máxima de 20 vagas por curso. Todas acontecem na Lona Multiuso do Mundo do Circo SP.

A primeira acontece na terça-feira (30) sob o tema “A dança acrobática como estímulo pro movimento” com apresentação da criadora-intérprete, aerealista, acrobata e dançarina Marina Viski, das 11h às 13h.  Na sequência, na quarta-feira (31), entra em cena a oficineira Laura Faleiros, que também das 11h às 13h, fará o seminário “Princípios da dança aplicados à prática circense”.

O malabarista e dançarino Guilherme Bressane fará a oficina “Mímica nas artes circenses”, na quinta-feira (1) das 11h às 13h.

Na sexta-feira (2), Artur Faleiros volta para abordar dois temas.  “Linguagem, Conceitos e Códigos Circenses”, das 11h ás 13h e “Práticas e Percursos da Criação Circense”, das 14h às 16h.

O Mundo do Circo SP encerra o Seminário no sábado (3) com a apresentação de “Malabamétrico”, na Grande Lona, às 17h. O espetáculo fala de um personagem com Transtorno Obsessivo Compulsivo que luta contra suas próprias paranoias e apresenta uma coreografia permeada por improvisações absurdas com muito malabarismo, acrobacia e dança. O espetáculo será aberto para visitantes.

Artur Faleiros, Marina Viski, Laura Faleiros e Guilherme Bressane são os criadores da companhia Amálgama, surgida em 2018. A companhia acumula e aposta na experiência de mais de dez anos de carreira de cada integrante e nas relações que ligam o quarteto. Cada artista tem um trabalho solo na linguagem específica que desenvolve, como circo, dança e teatro.

Mais informações, acesse o site www.mundodocircosp.com.br

SobreO Mundo do Circo SP

O Mundo do Circo SP foi criado a partir do desejo de valorizar a experiência lúdica e afetiva do universo circense. O local conta com três lonas – Grande Lona, Lona Multiuso e Lona Magia do Circo-, além do Picadeiro Aberto.

A Grande Lona é o espaço dos circos itinerantes, com espetáculos, mostras de números circenses, shows e outras atividades. A Lona Multiuso abriga grupos, companhias, duplas e artistas individuais diversos, tanto para o desenvolvimento técnico de espetáculos como para apresentações. Um terceiro espaço, a Lona Exposição, desde a inauguração do programa apresenta “Mundo do Circo”, exposição lúdica e interativa sobre o imaginário do circo, mostrando as várias modalidades artísticas circenses. O Picadeiro Aberto é dedicado a espetáculos e números de rua.

Além das apresentações, o espaço é preparado para acolher residências, convivência entre grupos e compartilhamento de experiências. Também será um núcleo de qualificação técnica, estética e de desenvolvimento institucional de empreendimentos circenses, abrigando oficinas e ações de incubação.

A expectativa é que futuramente a Vila dos Artistas receba caravanas circenses itinerantes. Em uma segunda fase, há a previsão da instalação de loja para venda de objetos relacionados ao universo circense bem como uma praça de alimentação.

O Mundo Circo SP conta com investimento de R$ 14,4 milhões do governo do Estado de São Paulo e ocupa um espaço de mais de 10 mil m2 do Parque da Juventude.

Com a ação, o Parque da Juventude, gerido pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) e que completa 20 anos em 2023, passa a integrar um conjunto importante de ações estaduais, que inclui a Biblioteca de São Paulo com mais de 35 mil títulos e a Escola Técnica Estadual (ETEC).